30 de janeiro de 2006


1-3


Quem é de facto fã de futebol terá ficado satisfeito de ver um jogo que, do que me pareceu, terá sido um excelente jogo. Quem é sportinguista, como é o meu caso, teve uma razão adicional para ficar satisfeito.
Apenas me entristeceu ter sofrido um golo marcado pelo Simãozinho, esse puto mimado com muito mais dinheiro que carácter, com muito mais carapinha do que sentido de moralidade. Como um cão que morde a mão que o alimentou, o macaco Simão após ingressar no Benfica divertiu-se várias vezes a espicaçar o Sporting, escola onde se formou.
Para ele o meu voto de que, quando for vendido pelo Benfica a um clube estrangeiro, por lá faça a mesma lastimável figura que fez na sua primeira emigração...
Um dia estarei disposto a perdoar-lhe e dar-lhe um abraço como este, que Rui Silva do Beira-mar deu a uma qualquer bailarina.

4 comentários:

jts disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
jts disse...

Abrupto? o que é isso? vou já fazer uma pesquisa no sapo! :)

Gonçalinho disse...

Acabado o meu habitual período de apreciação, resolvi colocar este blogue na minha lista de "links".
E agradeço o "link" recíproco (só me sinto frustrado por não me ter adiantado).

JCS disse...

Eu posso ter dito mal de "deputados, ministros com tiques nas manápulas, empreiteiros, o Jorge Coelho, pretos, fufas malditas", mas você diz de Simão o que Maomé não diz do toucinho.

Epá. Agora me lembro. É melhor não usar muito este lugar comum.

Seja como for, concordo com as críticas ao Simão.